Escritório compartilhado da OAB/RJ: Uma estrutura pioneira facilitando a vida dos advogados com mais de 50 anos de experiência

Posted by

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do Rio de Janeiro (OAB/RJ), é conhecida não apenas por seu compromisso com os profissionais da advocacia, mas também por inovar e criar soluções práticas para melhorar a rotina dos advogados cariocas. Entre os serviços oferecidos, destaca-se o Escritório Compartilhado da OAB, uma iniciativa que não só simplifica a vida dos juristas, mas também se tornou essencial para muitos.

Onde fica localizado o escritório compartilhado da OAB

Localizado no 8º andar da sede da Seccional, este complexo conta com 15 salas equipadas com computadores, internet de alta velocidade, serviços de impressão, scanner e telefonia. Não é apenas um espaço físico, mas uma resposta da OAB/RJ para atender às necessidades modernas da advocacia, proporcionando praticidade e economia.

O Escritório Compartilhado recebe diariamente cerca de 70 advogados, oferecendo-lhes a oportunidade de atender clientes em salas privadas ou utilizar espaços de reunião. Um ponto notável é a possibilidade de agendamento por parte dos advogados registrados na OAB/RJ e em dia com a anuidade, permitindo o uso gratuito do escritório até duas vezes por semana, durante duas horas cada vez.

Francisco Picozzi, advogado veterano e usuário regular do serviço, destaca a importância do Escritório Compartilhado para a classe: “Já tive escritório próprio, mas hoje em dia esse serviço é essencial porque ele não escraviza o advogado a ter um espaço para custear, principalmente porque o advogado é um profissional liberal e nem sempre tem a necessidade de ter um escritório mantido todo dia. Além disso, os clientes adoram a vista.”

Picozzi, que agora dedica seu tempo entre atender clientes no Escritório Compartilhado e participar da Escola de Inclusão Digital, destaca a adaptação crucial ao processo eletrônico da Justiça. Ele enfatiza a importância da equipe da OAB/RJ, especialmente os estagiários da Central de Peticionamento, que o auxiliaram durante a transição tecnológica.

Que é o chafe do escritório?

Márcio Ferreira, Chefe do Escritório Compartilhado OAB, compartilha números impressionantes, revelando que mais de 14.500 advogados utilizaram o serviço somente em 2017. Ele atribui esse sucesso não apenas à infraestrutura, mas também à equipe dedicada, composta por Dirley Coutinho, Roberto Carvalho e Guilherme Marcolongo. Picozzi elogia a equipe, afirmando que “o atendimento aqui é incrível, essas pessoas se tornaram praticamente minha segunda família. Estão sempre dispostos a ajudar, têm sensibilidade, nós nos sentimos de fato acolhidos.”

Além da sede, o Escritório Compartilhado estende sua presença nas Casas do Advogado Celso Fontenelle (Av. Erasmo Braga) e Paulo Saboya (Rua do Rezende), bem como em diversas subseções. Essa expansão reforça o compromisso da OAB/RJ em proporcionar recursos valiosos aos seus membros, promovendo eficiência e qualidade no exercício da advocacia.

Em resumo, o Escritório Compartilhado da OAB/RJ emerge como um pioneiro, oferecendo uma solução inteligente que não apenas atende às demandas modernas dos advogados, mas também reflete o compromisso contínuo da Ordem em proporcionar recursos excepcionais aos seus membros. Este é um serviço que vai além de um simples espaço compartilhado – é uma ferramenta vital para aprimorar a prática da advocacia no Rio de Janeiro.

0